Mini Imagine com Harry Styles - Really Don't Care 2/5

sexta-feira, maio 02, 2014 | | |


















“-Espera! – o chamei antes que entrasse no carro.
-Mudou de ideia? – perguntou com uma de suas sobrancelhas arqueadas e um sorrisinho sínico no rosto.”

-Sim! –resmunguei e Harry riu.
-Então vamos! –fez um gesto com uma das mãos e com a outra abriu a porta do carro.
-Esperai! –o chamei antes que ele entrasse no carro.
-O que é agora? –sorriu passando uma das mãos sobre o cabelo.
-Você não vai me ajudar? –perguntei incrédula.
-Com o que? Com as malas? –perguntou, eu acendi e ele riu novamente... –Ué você trouxe até ai sozinha, não vai custar mais nada você trazer até aqui! –disse debochado.
-Ah claro eu tinha me esquecido o quanto você educado! –sorri ironicamente.
-Nossa eu também tinha me esquecido o quanto você é simpática!–retrucou tirando sarro da minha cara... -Agora só para te provar o contrário vou te ajudar! –disse fechando a porta do carro.
-Agora eu não quero! –o respondi ríspida puxando a mala com força para mais perto de mim e Harry riu novamente, e eu sinceramente não sei o que ele estava achando de tão engraçado.
-Tudo bem!-levantou as mãos se rendendo... –Mais só vou abrir a porta de trás para a madame colocar as malas!
-Idiota! –sorri forçado, caminhando até a o carro.
-Querida! –retrucou em tom humorado e eu revirei os olhos e tentei ignorar.
 Peguei minha mala e praticamente joguei para dentro do carro, em seguida fechei a porta com força, como diria meu pai eu soldei a mesma, depois abri a porta da frente do passageiro e entrei no carro fechei a porta e pus o cinto, enquanto Harry me encarava sério, depois cruzei meus braços e passei a fitar a rua, a qual não tinha movimento algum, mesmo sem olhar para Harry podia perceber que ele ainda me encarava e assim ele ficou até que eu me irritei.
-O que foi? –perguntei ríspida.
- Da próxima vez que você fechar a porta do meu carro tome mais cuidado! Por favor! –sorriu forçado... -Se acontecer qualquer estrago na porta você vai pagar!
-Pode ter certeza que farei questão de pagar! –lhe retribui o sorriso forçado dando lhe os ombros... –Agora se for pedir muito podemos ir logo?
-Claro madame! –disse voltando o olhar para o volante.
-Ah só mais uma coisa antes de irmos! –chamei sua atenção novamente.
-O que? Esqueceu-se de alguma coisa madame? –perguntou ele debochado, dai eu tive certeza que ele estava me chamando de madame para me provocar e ele estava conseguindo. –Vai falar? –disse ele depois de uns segundos em silencio.
-Primeiro para de me chamar de MADAME! Você sabe que eu não gosto que me chamem assim! – o encarei... –Segundo, me faça o favor de não me dirigir à palavra durante a viagem!
-Tudo bem! –ergueu as mãos na altura do peito... –Mas sabe que eu gostaria de saber qual é o motivo de toda essa implicância sua comigo! –disse cabisbaixo.
-Ah fala sério Harry! Você não sabe? –sorri ironicamente... –Horas não se faça de esquecido, você sabe muito bem!
-Não, não sei! –contestou.
-Bom se você está se fazendo ou não, se você se esqueceu ou não, se você sabe ou não, isso realmente não me importa! –soltei um longo suspiro... –Agora, por favor, faça o que eu te pedi! –desviei o olhar em direção à rua.

-Está bem!-sorriu e enfim ligou o carro e deu a partida e eu escorei minha cabeça sobre o vidro da janela e passei a observar o caminho e o tempo, que por sua vez não estava dos melhores... Durante os primeiros minutos de viagem meus pensamentos se resumiram em apenas uma pessoa, adivinhem quem? Sim isso mesmo o Harry!
  Eu não acredito que ele não se lembra de nada que ele fez nem faz tanto tempo assim, como ele pode ser tão sínico ao ponto de perguntar o porquê de toda essa “implicância” que eu tenho com ele? E para falar bem a verdade não é implicância que eu tenho por ele, mais sim raiva pelo que ele me fez.
  Não. Harry não me traiu e nem foi meu namorado, como a maioria das pessoas da escola pensam ou desconfiam, pois nós éramos muito próximos até antes de eu começar a namorar o Brad, que agora graças a Harry é meu ex-namorado.
 Desde a infância eu e Harry éramos bastantes amigos, para não dizer melhores, ele conseguia ser o meu porto seguro, por exemplo, quando eu brigava com meu irmão ou com meus pais ou tinha algum problema, ele sempre estava por perto para me apoiar independente se eu estava certa ou não, ele era meu amigo, meu confidente, e muitas vezes era como um irmão para mim, e ai que estava o problema no começo eu até gostava disso e nem me importava, mas com o tempo e conforme íamos crescendo isso passou a me incomodar.
  No inicio eu não entendia muito bem o porquê eu não gostava e não era só isso, eu não gostava quando aquelas meninas nojentas da escola ficavam agarradas com ele, quando elas conversavam com ele, essas coisas me incomodavam parecia que eu estava perdendo ele pouco a pouco para elas.
 Mais o tempo foi passando e eu fui reavaliando o que eu sentia por Harry e fui ai que eu percebi que eu tinha feito umas das maiores burradas da minha vida até hoje, que foi se apaixonar pelo meu melhor amigo, o pior que até hoje ele nunca soube disso. Conforme fomos crescendo, eu tentei mais de uma vez falar para ele o que eu sentia só que quando chegava a hora eu travava e acabava inventando uma desculpa qualquer e o burro do Harry acreditava.
 O tempo passava e eu cada vez sufocava mais esse sentimento dentro de mim e Harry nunca percebeu nada ou soube de nada, até que foi ai que o Brad apareceu e nós começamos e conversar, ele fazia questão de demonstrar o seu interesse por mim e depois de muita conversa e investidas eu resolvi dar uma chance a ele e tentar esquecer o meu amor de infância.
 E realmente tudo deu certo enquanto durou nos dois anos que namorei o Brad eu fui muito feliz, me fazia muito bem ter ele perto de mim, mais o problema foi que eu nunca gostar dele da mesma maneira de que eu gostava de Harry. Que por sua vez durante nesses dois anos, se afastou de mim e ficou mais próximo do Mike, meu irmão, Harry também fazia questão de mostrar que não gostava do Brad, eu pegava os dois brigando com frequência, por qual motivo? Não sei!
  Tudo ocorria bem até que chegou o dia da nossa festa de formatura do ensino fundamental, que naturalmente eu e Brad fomos juntos, assim que chegamos à festa e fomos direto para a mesa em que meu irmão e Julie estavam, naquele tempo os dois ainda namoravam e nas horas que se seguiram eu e Brad ficamos conversando com eles e de vez em quando íamos dançar.
 Em uma dessas vezes quando voltamos à mesa, eu me lembro como se fosse hoje, Brad disse que iria ao banheiro e logo voltava e eu nem me importei, na verdade eu estava distraída conversando com Julie nem percebi a hora que ele saiu da mesa. Depois de longos minutos a Julie e o Mike foram dançar e foi só ai que eu percebi a demora do Brad, mas eu não ia comente o mico de ir de atrás dele então resolvi esperar, fiquei olhando Julie e Mike dançarem, até que me assustei quando alguém se sentou ao meu lado mesa, olhei para o lado rapidamente e lá estava ele, lindo, me olhando com aqueles olhos verdes e seu sorriso estonteante que a um bom tempo não via em seu rosto.

Flashback On:

-Harry! –disse surpresa.
-(Seu Nome)! –sorriu...  –Quanto tempo?
-Nossa realmente faz um bom tempo que não te vejo! Nem na escola consigo te ver! –sorri concordando... -Como você está?
-Estou bem! –fitou os copos em cima da mesa. –E você como está? Ainda com o Brad? –voltou a me olhar.
-Eu estou bem! E ainda estou com o Brad–sorri o olhando sem jeito.
-Ele não merece a sorte que tem! –disse quase como um sussurro, mais foi o suficiente para que ouvisse.
-O que você quer dizer com isso? –perguntei sem entender.
-Nada não! –balançou a cabeça negativamente... –Estava com saudade de conversar com você! –mudou de assunto percebendo o meu desconforto com que ele disse.
-Eu também estava com saudade, ainda não sei por que você se afastou tanto de mim! –olhei em seus olhos.
-Eu não sei te explicar muito bem, sei que culpa é toda minha... -É que às vezes... –a frase morreu.
Às vezes. –o incentivei a continuar.
-É que às vezes se manter longe é a melhor opção! –desviou seu olhar do meu. E eu acho que entendi o que ele quis dizer, de certa forma ele preferiu se afastar de mim a arrumar algum problema com o Brad, de quem ele faz questão de demostrar seu desafeto.
-Então foi causa do Brad? –arquei uma de minhas sobrancelhas.
-Tecnicamente Sim! –riu balançando a cabeça.
 -Isso é injusto por que o seu problema e com ele e não comigo!
-Mais você está com ele agora! –fitou meus olhos.
-Mas isso não muda o que eu sinto por você!–respondi automaticamente, sem perceber o que eu havia dito.
-Nem o que eu sinto por você! –sorriu passando uma das mãos sobre o meu rosto, o que fez o meu corpo estremecer e eu não sei por qual razão, ficamos alguns segundos em silencio até que percebemos que havia começado a tocar Love Somebody do Maroon 5 e eu e Harry sorrimos automaticamente.
(Dê Play e continue lendo)

-Lembra? –me olhou desconfiado de que eu não lembraria.
-Como não? –dei os ombros sorrindo... –Passamos longas tardes cantando essa música no terraço do prédio onde você morava! –ri
-É nossas tardes costumavam a ser divertidas!
-Muito! –concordei... 
–Vamos dançar? –convidou Harry se levantando da mesa animado.
-Não sei se eu devo o Brad já deve estar voltando! -disse com receio.
-Ah (Seu Nome) fala sério! Olha quanto tempo ele já te deixou aqui criando raiz na cadeira! –argumentou ao seu favor e era verdade eu já estava me irritando com a demora do Brad. -Vamos só um pouquinho, só para relembrar nossas tardes! –insistiu ele me estendendo enquanto eu pensava se devia ou não aceitar, eu sabia que Brad ficaria bravo se me visse perto de Harry mais pensando bem eu não estava nem ai ele nem se importou em me deixar esperando, olhei séria para ele e diante daquele sorriso não tive como dizer não.
-Vamos! –disse pegando em sua mão e levantando da mesa, eu e Harry caminhamos sorrindo em meio as pessoas até chegar na pista de dança, onde meu irmão e Julie ainda estavam e ele assim que me viu com Harry, pude ver se formar em seus lábios um sorrisinho malicioso, meu irmão e Julie eram os únicos que sabiam que eu fui apaixonada por Harry e mesmo eu estando com o Brad agora eles insistiam em dizer que eu ainda gostava de Harry.
Eu e Harry começamos a dançar um pouco afastados de inicio mais logo fomos e nos aproximando, Harry dava passos tímidos de um lado para outro enquanto eu já estava mais solta e ria do modo que ele estava dançando.
-Ih Harry você está meio enferrujado! –disse rindo.

-Vou te mostrar o enferrujado! –sorriu em reposta foi ai então que ele pegou a minha mão me girou rapidamente.
(Finjam que eles estão dentro de um salão de festas)

Em seguida me puxou de volta pela cintura com seu braço livre fazendo com que nossos corpos se chocassem com força, o que fez minhas pernas estremecerem.

-I really wanna love somebody (Eu realmente quero amar alguém) –Harry cantou a parte do refrão que costumava cantar e eu cai na brincadeira e continuei.

-I really wanna dance the night away (Eu realmente quero dançar a noite toda) –cantei olhando em seus olhos e Harry sorriu.

-I know we're only half way there (Eu sei que estamos apenas na metade do caminho) –completou colocando uma das mão sobre o meu rosto.

-But you take me all the way, you take me all the way (Mas você não pode me deixar ir, você não pode me deixar ir) - sorri continuando, não percebendo tamanha a nossa proximidade.

-I really wanna touch somebody (Eu realmente quero tocar alguém) – aproximou seus lábios dos meus fazendo com que quase se tocassem então nossas testas se ralaram e eu nãos sabia o que estava acontecendo eu simplesmente não conseguia reagir.

-I think about you every single day (Eu penso em você todos os dias) –completou pousando uma de suas mãos sobre a minha nuca e a puxou lentamente para si fazendo assim nossos lábios se encontrarem. Quando seus lábios tocaram nos meus senti um choque percorrer pelo meu corpo, era algo estranho mais, porém bom, aquilo fez com que eu me esquecesse do mundo, me esquecesse de tudo, naquele momento só existia eu e Harry.

(Finjam que eles estão dentro de um salão de festas)

Harry pediu passagem para aprofundar o beijo e eu pouco a pouco fui cedendo, o beijo fora calmo e lento, diferente de todos os beijos que eu já havia dado antes, sua língua encontrava a minha e perfeita sintonia enquanto Harry com seu braço sobre a minha cintura me puxava para si e eu pus as mãos sobre a sua nuca, sentindo borboletas em meu estomago, eu nunca havia sentindo isso antes era algo completamente novo para mim, acho que no fundo meu irmão sempre esteve com a razão, eu nuca havia conseguido o esquecer, eu estava com Brad só para isso, para esquece-lo, espera Brad, veio como um estalo em minha cabeça, apoiei minhas mãos sobre o peito de Harry e o empurrei com força desgrudando nossos lábios, fazendo Harry dar dois passos para atrás, olhei instantemente para o lado das mesas e o que eu mais temia estava acontecendo Brad estava lá me olhando sério, ao seu lado estava Amber rindo de toda situação.

(Finjam que eles estão dentro de um salão de festas)

Mesmo de longe pude vê-lo falar algo que se tornou indecifrável diante da distancia e se virar de costas para mim e eu corri rapidamente em sua direção deixando Harry para trás, conforme fui me aproximando percebi que Brad estava parado fitando o chão como estivesse tentando se acalmar.
-Brad! –disse com a voz trêmula, parando a poucos passos dele.
-(Seu Nome) saí daqui! –disse ele ainda de costas para mim.
-Por favor, me escuta! –senti um nó se formar em minha garganta.
-ESCUTAR O QUE? –esbravejou por fim se virando de frente para mim. –Que só foi eu sair do seu lado por um instante que já te vejo aos beijos com outro?
-NÃO FALA ASSIM COM ELA! –esbravejou Harry parando ao meu lado. -VOCÊ NÃO TEM O DIREITO DE FAZER ISSO!
-A É? E VOCÊ É QUEM PARA ME DIZER ISSO? –Brad o retrucou... –Que eu saiba eu sou o namorado dela! –Brad se aproximou de Harry.
-Você nem tem vergonha de dizer isso! –Harry riu ironicamente como se soubesse algo... –Se ela soubesse que não fez nada de errado apenas... –Brad o interrompeu.
-Eu? Vergonha por quê? –pareceu se fazer de desentendido... -Na verdade quem deveria ter vergonha é você de enganar uma pobre idiota! –encarou Harry.
-Do que você está falando? –Harry perguntou confuso. –Quem engana aqui a (Seu Nome) na verdade é... –Brad o interrompeu novamente.
-É você! –completou Brad... –Você acha que eu não vi você e seus amiguinhos, apostando para ver se você pegava a (Seu Nome) ou não? –encarou Harry.
-O QUE? –olhei para Harry incrédula.
-ISSO É MENTIRA (SEU NOME)! –gritou Harry indignado enquanto eu sentia meu sangue borbulhar de raiva, eu não conseguia acreditar que Harry havia feito isso.
-E você idiota acreditou (Seu Nome)! –Brad balançou a cabeça negativamente... –Parabéns você conseguiu terminar com o nosso namoro!
-Me perdoa Brad, por favor! –disse sentindo as lagrimas rolarem pelo meu rosto.
-Não posso! –respondeu ele fitando o chão, gerou a revolta de Harry.
-NÃO PODE? AH CALA BOCA SEU IDIOTA! –esbravejou partindo para cima de Brad lhe dando um empurrão e antes que Brad revidasse e a coisa se complicasse Mike ficou entre eles os separando.
-Me esquece (Seu Nome)! –Brad disse por fim olhando em meus olhos antes de sair dali, eu passei minhas mãos com força sobre os meus olhos secando as lágrimas e então me virei e fiquei de frente para Harry que me fitava.
- Como você pode fazer isso comigo? Colocar-me no meio de uma aposta Harry? –disse indignada batendo as mão com força em seu peito.
-Isso é mentira (Seu Nome)! –contestou, segurando minhas mãos.
–Por que você voltou para minha vida Harry? –o encarei... -Foi para destruir tudo que eu construí longe de você?
-Não! –respondeu alterando tom de você. -Eu voltei por que eu te...-sua voz falhou... -Eu voltei por que gosto de você!
-Você só pode achar que eu sou idiota para acreditar em você! –disse soltando minhas mãos sentindo as lágrimas voltarem a cair sobre o meu rosto.
-Idiota você foi todos esses anos que esteve com esse babaca! Mais infelizmente nada o que eu fizer vai fazer você acreditar em mim! –ficamos alguns segundos em silêncio até que Harry se virou de costas e saiu.

Flashback Off:

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
  Olá pequenas! A sumida reapareceu novamente! Desculpa mesmo pela demora nesse imagine! Bah esses dias tem sido complicados em?? Fiquei bastante triste com a saída da Lindsay do blog, mas intendo os motivos que a levaram a isso desejo a ela tudo de bom, vai fazer falta! E agradeço pela a contribuição aqui no blog!! 
  Depois foi o susto em saber que a Laryê está doente, eu fiquei assutada com tudo mais nesse momento acho que a única coisa que temos que fazer é acreditar em Deus, pois ele sabe o que faz, torço para que tudo corra bem e logo logo a Laryê esteja saudável novamente.
  Mais e agora o imagine?? O que vocês estão achando?? As coisas tão ficando mais claras, e os motivos da implicância da (Seu Nome) com o Harry estão aparecendo... O que você acham Harry apostou ou não? Brad será que esconde algo?? Boa noite beijos!! Comentem!!
Kamila^^


25 comentários:

  1. OMG, que perfeito! Faz tanto tempo que você não postou que eu tive que ler o primeiro capítulo para eu poder entender esse haushaushuashua, por favor volta a postar normalmente :c Eu também fiquei muito triste em saber que a Lindsey saiu, eu adorava as Fanfics dela, eram perfeitas <3 E quando descobri também que a Laryê estava doente, meu Deus, só faltou eu chorar aqui!
    Enfim... Está perfeito! Continua logo!
    Beijos, Fanfics One Direction.

    ResponderExcluir
  2. OMG! QUEEEEEEE DEMAIS!
    Continua <3 <3

    ResponderExcluir
  3. Cade o primeiro capitulo ?

    ResponderExcluir
  4. O Brad traiu ela.
    Coninuuaa logoo

    ResponderExcluir
  5. esse blog é do tipo per-fect *~* sem contar que summer love foi a primeira fanfic que li hahaha <3 continua...

    ResponderExcluir
  6. MDS muito lindo o imagine adorei eu acho que o Brad que aprontou amei muito continua logo!

    ResponderExcluir
  7. Continuaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa!!!! Por que vcs demoram pra continuar????

    Sérioo ta perfect

    ResponderExcluir
  8. Então eu confundi o comentario com o ask e deu merda!!kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk sim eu sou tapada n julgue a minha lerdeza!! só que tipo, vc coloco o negocio do ask antes daí eu confundi os treco!kkkkkk o resto do meu comentario vc lê no ask já que eu mandei lá neh kkkkkkkkkk
    Continua logo pf ta muito perfeitinho!!Sinto muito pelas garotas que sairam do blog, e uma pergunta, como que faz pra tipo por exemplo, se que quiser participar do blog postando imagines essas coisas, eu esqueci o nome da pessoa que faz isso kkkkkkkkkk então como eu faço pra entrar no blog?
    Bjs Lalah.

    ResponderExcluir
  9. Continuuuuuuaaaaaaaaaaa

    ResponderExcluir
  10. Porrrr favooooor posta o proximo capituloooo ou eu morrrrooooooo!!!!!!!!!!

    ResponderExcluir
  11. continua
    to anciosa pra saber o resto

    ResponderExcluir
  12. continua mt perfeitooo!!!

    ResponderExcluir
  13. Continuaaaaaaaaaa <3

    ResponderExcluir
  14. continuaa por favor ta muitoo legal

    ResponderExcluir
  15. continua!!!! continuaaaa!!

    ResponderExcluir
  16. Coooooontinua pelo amor de DEUS

    ResponderExcluir
  17. Eu nunca li um imagine tão perfeito como esse!!! Continua, por favor...

    ResponderExcluir
  18. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  19. Continue logo pq ta muito perfeito.
    Faz muito tempo q VC não atualiza :'( pq?

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Leitora nova.. eu estou adorando seus imagines continua pfvrr

      Excluir
  20. Nossa por favor continua faz tempão q vc n atualiza,tá tão perfeito <3

    ResponderExcluir

onselectstart='return false'