Mini Imagine com Harry Styles - Really Don't Care 1/5

sábado, janeiro 25, 2014 | | |

Seu Nome P.O.V’s

Ligação On:
-Mike onde você está? –esbravejei assim que ele atendeu.
-O que houve minha irmãzinha linda? –perguntou rindo no outro lado da linha, onde eu podia ouvir barulhos de música alta.
-Você é surdo? Eu perguntei onde você está? –perguntei novamente andando de um lado para outro dentro do quarto.
-Er... Eu? –falou se não o conhecesse diria que ele estava tentando arrumar uma desculpa...
-Não minha vó! –rolei os olhos.
-Bom er.. Eu....-disse fazendo uma pausa antes e prosseguir... –Eu.estou.no.acampamento! –falou rápido.
-Como é que é? –perguntei indignada eu não acredito que ele fez isso!
-Bom é que a Amber, não queria vir sozinha dai eu resolvi traze-la.
-Ah Claro! –ri ironicamente... –A namoradinha não podia ir sozinha, daí você me deixou para trás não é?
-Tecnicamente sim! –riu no outro lado da linha, se tinha algo que eu conhecia em meu irmão é que ele adora me deixar irritada e parabéns ele conseguiu.
-Nossa você me paga Mike!
-Está irritadinha éh? –riu debochado...
-Nossa se você tivesse em minha eu juro que te arrebentaria! –esbravejei... -Agora graças a você eu vou ter que passar o Natal e noite de Ano Novo sozinha! –disse com dentes trincados.
-Calma mana sem crise! –falou tranquilo.
-Sem Crise! –o imitei com uma voz de retardado e ele riu, e nos ficamos quietos por alguns segundos.
-Parou com o “Piti” agora posso falar? –ele perguntou agora sério.
-Fala! –disse seca...
-Bom eu vim antes, mas avisei a um amigo que esta na cidade ainda te pegar ai para vim junto com ele!
-Que amigo? –perguntei séria.
-Ah você o conhece, vocês se dão super bem! –deu para perceber que ele estava segurando para não rir.
-Não é o Harry né?-perguntei desconfiada.
-Não que isso! –mas uma vez tive a impressão que ele estava se segurando para não rir.
-Acho bom!-disse por fim...
-Maninha fique pronta logo, pois ele disse que passaria ai antes das cinco... ok?
-Ok! –falei desligando o celular por fim...
Ligação Off:

   Assim olhei a hora no celular, já eram dez para as quatro da tarde, como eu já estava pronta decidi dar uma última olhadinha em minha mala para ver se eu não havia esquecido nada, eu confesso que eu não estava com a mínima vontade de ir para esse acampamento, mais entre ficar sozinha em casa e ir para lá, eu preferi ir para lá, já que os meus decidiram pais decidiram se dar um presente de vinte e cinco anos de casados, ou de bodas de prata como se fala... Eles iam viajar e ficariam umas três semanas no Brasil, e como a viajem era para eles dois, é claro que não faria sentido que eu e meu irmão fossemos junto, ainda mais Mike que ia querer levar a chata da Amber junto, então como eu e Mike íamos ficar sozinhos em casa, Mark um dos amigos de Mike, o convidou para irmos para o Acampamento de férias de fim de ano, o qual era organizado por alunos de nossa escola, o qual Mike vai todo ano, e eu acho que é por causa da Julie sua ex a qual ele sofre uma profunda queda ainda, apesar de estar com Amber, já eu não apareço por lá já faz uns dois anos eu nunca gostei de ficar no meio do mato e acampar em barracas, eu não sou nenhuma patricinha tá? Deixe isso bem claro, mais o fato de eu não gostar de acampamentos nessa época é por que faz frio aqui na Inglaterra, e eu quase morro de frio ainda mais na beira de um lago, onde fica o acampamento, eu acho que esse é um dos fatos de minha mala estar quase estourando de cheia, devido aos três cobertores térmicos e mais uma penca de casacos que eu estou levando, sem falar de outras roupas e calçados que estou levando, definitivamente parece que eu estou de mudança... Depois de conferir minha mala, fui até o meu armário e vesti um dos casacos, e em seguida me olhei no espelho, olhei novamente no relógio já eram quatro e vinte então, peguei minha mala e a mochila em que estava a barraca, levei as mesmas até a sala e me sentei no sofá e liguei a teve com o controle e fiquei um bom tempo assistindo um programa chato de TV, até que ouvi duas buzinas vindas da frente de casa, só podia ser o tal do amigo de Mike, me levantei do sofá desliguei a TV, peguei a mala e a mochila e caminhei com alguma dificuldade até porta assim que abri a mesma, pude ver uma range rover preta com os vidros igualmente escuros, fechei a porta de casa, e enquanto a criatura que estava dentro nem se atreveu a me ajudar, também não era de admirar com o frio que fazia... Caminhei lentamente até o carro puxando minha mala que parecia pesar uma tonelada, até que parei diante do carro e pude ouvir a porta do lado do motorista bater, e o tal amigo do meu irmão dar a volta no carro, e antes que ele entrasse em meu campo de visão pude ouvir o falar.
-Quanto tempo você vai passar no acampamento para estar levando essa mudança? –disse rindo, sua voz rouca era inconfundível, ainda mais a sua risada, eu no fundo sabia que Mike estava aprontando algo para mim e fez isso de proposito, é claro que ele ia mandar Harry o seu melhor amiguinho dele me buscar, pois sabe que eu não o suporto, e conhecendo meu irmão ele não ia perder essa oportunidade.
-Eu não acredito! –disse para mim mesma rolando os olhos...
-Quanto tempo (Seu Nome)! –parou ele em minha frente sorrindo, de uma maneira que só ele sabe sorrir, ele vestia uma calça jeans preta um pouco surrada,  uma jaqueta em um tom diferente de marrom, ele também calçava um tênis ou sapato preto o qual não consegui decifrar qual era, e seus cabelos castanhos estavam jogados para cima ajeitados a sua maneira como sempre, que de um jeito ou de outro me chamava a atenção para os seus olhos verdes, tinham um brilho indescritível.
  Apesar de ele ser um chato, insuportável e extremamente irritante, uma coisa eu tenho que admitir ele é lindo, não é a toa que fui minha infância inteira apaixonada por ele.
-Éh! –dei um sorriso forçado, virando em direção a casa, eu não vou ir para o acampamento com esse garoto de jeito nenhum...
-Hey espera! –me puxou pelo braço me fazendo ficar de frente para ele.
-O QUE É? –disse ríspida.
-Você não vai ir? –perguntou ele com uma sobrancelha arqueada.
-Com você não! –esbravejei, soltando o meu braço e voltando a caminhar em direção a casa.
-Ah então eu posso saber como a senhorita vai ir? –falou em um tom irônico.
-Não te interessa! –o encarei.
-A está bem então, te desejo um feliz Natal e um próspero ano novo já que você vai passar sozinha! –ele disse pondo as mãos nos bolso e se virando em direção a carro.
-Como é que é? –perguntei sem entender, como ele pode afirmar que eu vou ficar sozinha, deve ter outra pessoa com que eu possa ir para o acampamento além dele.
-É isso que você ouviu! –se virou sorrindo em minha direção novamente... –Se você não for comigo você vai ficar sozinha já que todo o pessoal já foi, e não tem ninguém com que você possa ir além de mim! –sorriu de canto... –Ah mais é claro que você pode ir de a pé também! –riu abafado... –Mas se agora me der licença eu estou indo tchau (Seu Nome)! –se virou novamente em direção ao carro...
-Espera! –o chamei antes que entrasse no carro.
-Mudou de ideia? –perguntou com uma de suas sobrancelhas arqueadas e um sorrisinho sínico no rosto.

Oi pequenas!! O que acharam da primeira parte do imagine? Espero que gostem!! Comentem!! Ficarei bastante feliz em saber a opinião de vocês!! Bjs


15 comentários:

onselectstart='return false'